You are currently viewing Vender Réplicas é Crime?

Vender Réplicas é Crime?

Qual a diferença entre réplicas e falsificações?

Antes de tudo, é importante entender a diferença entre cada tipo de venda.

Legalmente, você pode vender réplicas, porém a falsificação é crime. Assim, é fundamental que você fique atento às normas desse mercado.

Deixa eu explicar melhor sobre isso…

O que é réplica?

Legalmente falando, o termo “réplica” é aplicado para reproduções de produtos que são feitos com materiais mais baratos.

Por exemplo: miniaturas de carros colecionáveis são vendidas tanto em modelos idênticos aos originais quanto em opções mais em conta.

Um produto só pode ser considerado uma réplica se sua produção for autorizada pelo fabricante do produto original. Caso contrário, estamos falando de uma falsificação.

O que é falsificação?

Falsificação é toda e qualquer reprodução de um produto sem a devida autorização do detentor dos direitos.

Nessa área, estão incluídos produtos idênticos ou muito parecidos com os originais, além do uso de logos ou identidade visual sem permissão oficial.

Essa prática é muito comum no segmento de moda, principalmente em lojas que vendem produtos “de marca” com o preço muito mais baixo – e, consequentemente, qualidade também.

Ao colocar um produto falso no mercado, você está cometendo um crime. A lei proíbe a venda de mercadorias falsificadas, enquadrando como pirataria.

Mas não é somente o vendedor de produtos piratas que pode arcar com complicações legais. Na realidade, os compradores também estão sujeitos à lei e, neste caso, se enquadram no Crime de Receptação.

Posso vender réplicas em marketplaces?

Para tentar driblar a fiscalização, as pessoas tentam vender falsificações dentro de marketplaces já que há um grande volume de pessoas interessadas nesse tipo de produto ilegal.

Entretanto, a política de todos eles proíbem a venda de produto pirata, sejam os mesmos vendidos por pessoas físicas ou empresas.

Para saber mais sobre a política do Mercado Livre em relação às vendas não-autorizadas, clique aqui.

Vender réplicas é crime?

Como dito anteriormente, vender réplicas não é ilegal. Se você tiver autorização da marca detentora dos produtos para criar réplicas, não há problema algum com o seu modelo de negócio.

Entretanto, a maior parte das pessoas usam esse termo como um eufemismo para falsificação.

Por isso, tenha muito cuidado com esse tema.

É importante, antes de entrar neste mercado de falsificações, pensar: se você tivesse uma marca que produzisse produtos próprios, gostaria que vendessem réplicas sem a sua autorização?

Acredito que a resposta seja não.

Por esse motivo, não faça isso com o produto dos outros.

Portanto, quando você decidir em qual nicho atuar, pense a longo prazo. Crie uma marca séria e construa sua reputação atuando sempre dentro da lei e sendo honesto com seus clientes.

Esse é o único caminho saudável para montar um Ecommerce de Sucesso.

Como começar a vender réplicas em uma loja virtual?

Se você acha que esse é um bom caminho, saiba que a primeira coisa que você precisa fazer antes de começar a vender réplicas é entrar em contato com a marca detentora dos direitos do produto original e propor uma parceria.

Apenas depois dessa autorização é que você pode criar seu Ecommerce para começar a vender. E por conta de toda essa burocracia e complicação para quem está começando um negócio é que fica uma pergunta no ar…

Deixe um comentário